quinta-feira, 30 de junho de 2011

Leiam e reflitam ...

 "Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar.
E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.
Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, lingüiça e torradas bastantes queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar  como tinha sido o meu dia, na escola.
Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.
Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por  haver queimado a torrada.
E eu nunca esquecerei o que ele disse:
" - Adorei a torrada queimada..."
Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu  pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada.
Ele me envolveu em seus braços e me disse:
" - Companheiro, sua mãe teve um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada...  Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas  não são perfeitas. E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro, talvez nem o melhor pai, mesmo que tente todos os dias!"
O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.
Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos os dois, a suprir um as falhas do outro.
Eu sei cozinhar muito pouco, mas  aprendi a deixar uma panela de alumínio brilhando.
Ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz tudo ficar cheiroso, de tão limpo.
Eu não sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir, mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar.
A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apoia, eu e ela nos completamos. Nossa família deve aproveitar  este nosso universo enquanto temos os dois presentes. Não que mais tarde, o dia que um partir, este mundo vá desmoronar, não vai. Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o melhor.
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas e com amigos.
Então filho, se esforce para ser sempre tolerante, principalmente com quem dedica o precioso tempo da vida, à você e ao  próximo."
Autor Desconhecido

domingo, 26 de junho de 2011

As duas moscas

Parte 1
Contam que certa vez duas moscas caíram num copo de leite. A primeira era forte e valente, assim logo ao cair nadou até a borda do copo,mas como a superfície era muito lisa e ela tinha suas asas molhadas, não conseguiu sair. Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de nadar e de se debater e afundou.
Sua companheira de infortúnio, apesar de não ser tão forte era tenaz, continuou a se debater, a se debater e a se debater por tanto tempo, que,aos poucos o leite ao seu redor, com toda aquela agitação, foi se transformando e formou um pequeno nódulo de manteiga, onde a mosca conseguiu, com muito esforço, subir e dali levantar vôo para algum lugar seguro.
Durante anos, ouvi esta primeira parte da história como um elogio à persistência, que, sem dúvida, é um hábito que nos leva ao sucesso, no entanto…

Parte 2
Tempos depois a mosca, por descuido ou acidente, novamente caiu no copo. Como já havia aprendido em sua experiência anterior, começou a se debater, na esperança de que, no devido tempo, se salvaria. Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou:
“Tem um canudo ali, nade até lá e suba pelo canudo”.
A mosca tenaz não lhe deu ouvidos, baseando-se na sua experiência anterior de sucesso, continuou a se debater e a se debater, até que, exausta afundou no copo cheio… de água.
Quantos de nós, baseados em experiências anteriores, deixamos de notar as mudanças no ambiente e ficamos nos esforçando para alcançar os resultados esperados até que afundamos na nossa própria falta de visão? Fazemos isto quando não conseguimos ouvir aquilo que quem está de fora da situação nos aponta como solução mais eficaz e, assim, perdemos a oportunidade de “reenquadrar” nossa experiência. Ficamos paralisados, presos aos velhos hábitos, com medo de errar.
 “Reenquadrar” é buscar ver através de novos ângulos, de forma a perceber que, fracasso ou sucesso, tudo pode ser encarado como aprendizagem.
Desta forma, todo o medo se extingue e toda experiência é como uma nova porta, que pode nos levar à motivação de continuar buscando o que queremos, a auto-estima que nos sustenta.
Este artigo é dedicado a todos, que querem vencer…
Autor Desconhecido

Mônica em Esperanto



E-MAIL DO CHEFE

Um belo dia, um funcionário estava viajando e recebeu um e-mail de seu gerente, no qual estava escrito: " PORRA."

No dia seguinte, o funcionário respondeu o e-mail: " " FODA-SE ".

Retornando ao escritório central, foi imediatamente chamado pelo
gerente, que lhe disse:
- Você não tinha o direito de me responder daquele jeito!   O meu
Email era simplificado e o significado de PORRA é:
"Por Obséquio Remeter o Relatório Atrasado"

O funcionário argumentou:
- Eu sabia disso.. e foi exatamente dentro desse espírito que lhe
respondi FODA-SE, que significa:

"Foi Ontem Despachado, Amanhã Será Entregue".

Foi promovido, claro...
Vai ter raciocínio rápido assim lá
na PQP

(Produção, Qualidade e Planejamento)

Autor Desconhecido

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Você já ouviu falar em mensagem subliminar?

Mensagem subliminar é a definição usada para o tipo de mensagem que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos. Subliminar é tudo aquilo que está abaixo do limiar, a menor sensação detectável conscientemente. Leia mais: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mensagem_subliminar
Fala séria galera, essa hitória de conspiração, demonio, anticristo, é um assusnto que remota aos tempos de origem da do planeta, da humanidade e das religiões.
O que eu não consigo entender é que, se todo mundo indepemdente de sua crença religiosa, sabe que Deus é maior que todos e todas as coisas, por que se assustar com essas histórias de maldades?
Quando criança me ensinaram que não importa a crença religiosa, importa sim acreditar, crer em Deus na sua imensa bondade, onipotência e misericordia.
Deus é a maior força do universo e nada pode ser maior que Ele.
Jamilly - SV
Mas para quem tem curiosidade é só visitar os links.
Mensagens Subliminares Lady Gaga - Bad Romance [ORIGINAL NOVA EDIÇÃO]
Mensagens Subliminares/Análise - Lady Gaga - Born This Way

Top Tabs